Vamos nos permitir

A Wishlist dos Sonhos

Como eu estudo inglês?

Mudanças do blog

    Vamos nos permitir

    vamos-nos-permitir

    A gente precisa se permitir. Quantas vezes não deixamos a felicidade escorregar por entre os dedos, por medo de arriscar? Por medo de se permitir aproveitar cada instante, sem se preocupar com a opinião das outras pessoas. Quantas vezes sabotamos a nós mesmo e pensamos que não merecemos aproveitar das coisas boas que acontecem na nossa vida?

    Não tem uma fórmula mágica e também não é do dia para a noite, mas a gente precisa entender que somos merecedores de todos os momentos maravilhosos do mundo. Não devemos nos contentar com os momentos ruins. Aliás, há vários momentos assim na nossa vida, e nós aguentamos sempre com a esperança de que o sol novamente voltará a brilhar algum dia. Afinal, não existe tempestade que dure para sempre. E quando enfim o sol volta a brilhar, muitas vezes algo nos impede de contemplar a alegria desse momento.

    Eu sei que você merece vivenciar toda felicidade e amor que há nesse mundo. Você já tropeçou bastante e provavelmente já aguentou algumas barras bem pesadas nessa trajetória louca chamada vida. Mas essas histórias não devem impedir de você se permitir viver outras maravilhosas que estão por vir no meio dessa briga contra o tempo, nesse cair e levantar de todos os dias, alguns problemas ali e outros lá. Tente não deixar com que isso afete a sua capacidade de olhar para si mesmo e dizer: eu mereço viver isso. Eu mereço me permitir sentir a verdadeira alegria de viver.

    Muitas vezes podemos aprender a nos permitir nos pequenos momentos da vida. Naquele passeio de domingo, numa ida ao parque e até mesmo naquele abraço caloroso de quem a gente gosta. Quantas vezes nos cobramos demais, sempre deixando a felicidade para depois? Achando que não merecemos, que não é o momento, que não somos bons o suficiente para vivermos histórias e momentos bacanas?

    A gente precisa se permitir. E se permitir e enxergar a beleza das coisas simples, sermos mais flexíveis. Não se cobrar tanto. Os pequenos e simples momentos da vida vem e vão com uma velocidade incrível, e ninguém quer perdê-los, certo? Vamos viver cada momento, entender que o universo é incrível e que somos merecedores das coisas boas que nele existem.

    Vamos nos permitir?

    p.s: esse é um texto que escrevi para que eu leia sempre que estiver triste. Resolver compartilhar aqui para ajudar outras pessoas que talvez estejam precisando de palavras amigas.

    Acompanhe a mim e o blog nas redes sociais